À procura da felicidade que vem de dentro

Siga nossas redes sociais

Muitas pessoas vivem à procura da felicidade. Antes de tudo, vamos de falar brevemente sobre o conceito de felicidade.

Em várias vertentes, sejam elas religiosas, filosóficas, psicológicas ou pessoais, a palavra felicidade possui um significado diferente.

Ao seguirmos o dicionário, felicidade é uma qualidade ou estado de consciência, em que se sente confortável e satisfeito, surgindo assim o contentamento.

felicidade

Será que o dicionário conseguiu retratar bem o significado de felicidade? A felicidade existe? É fácil ser feliz? Por que tanta gente vive à procura da felicidade? O assunto é complexo, mas vamos tentar clarificar um pouco e refletir a respeito.

 

O protagonismo e a felicidade

Já parou para pensar em quem você é? Se alguém fizesse essa pergunta e a regra fosse, não falar sobre sua profissão, estado civil, idade ou cidade onde mora, como numa entrevista de emprego e sim, como você se vê. É difícil definir a si próprio sem dar respostas vagas ou generalistas? 

Para começar a entender essa história de ser feliz, precisamos saber quem nós somos em essência e começar a ter consciência do nosso papel no mundo. Em cada fase da vida, fomos ou seremos pessoas diferentes, é impossível ser do mesmo jeito para sempre. Todo dia é um dia novo, com sentimentos distintos, mas a nossa essência permanece ali, em algum lugar do nosso ser.

Somos seres em constante mudança, mesmo quando não percebemos e as mudanças podem ser positivas ou negativas, tudo depende da nossa essência e de que forma vemos o mundo.

Carregamos conosco um conjunto de crenças, valores e princípios que foram implantados pelos nossos familiares, amigos e sociedade. Às vezes acabamos nos contaminando e esquecendo nós mesmos, acreditando em coisas que não, necessariamente são a realidade. Portanto, saber distinguir e utilizar tudo isso a nosso favor é uma tarefa individual.

E em relação a você, sua vida é como sempre desejou? Trabalha onde quer? Está confortável na sua própria vida? Convive com as pessoas que são relevantes e contribuem? Utiliza seus dons e talentos a favor do mundo? Se vê com os seus olhos ou os olhos dos outros?

Respire fundo e olhe ao redor! Responda: você se encaixa na sua vida?

Se as respostas anteriores forem um sonoro sim, que maravilha! Você é o protagonista da sua vida e a felicidade se já não o encontrou, em breve encontrará, pois ela tem seu endereço. Caso contrário, pense no que pode fazer AGORA para começar a ser protagonista da sua história.

A felicidade quer te encontrar no seu endereço

Pense, por exemplo, seu desejo sempre foi ser pianista, mas a “vida” te levou para outros caminhos e hoje você trabalha como advogado. Levanta todos os dias para fazer algo que não tem nada a ver com o que você é, sempre quis ser. A felicidade até baterá na sua porta, mas você provavelmente não estará lá.

A felicidade fica passeando em círculos à sua volta, mas você distraído não percebe, pois está imerso, numa vida na qual não se encaixa. É como estar vestido numa roupa que não te serve.

A felicidade sabe seu endereço, mas é você que não está lá. Encontre o rumo de casa e se surpreenda! Caso contrário sua vida vai ficar passando bem diante de seus olhos e a felicidade também.

A felicidade é genuína

Osho num de seus livros disse que a felicidade é genuína, como nos animais, pois eles não conhecem outro estado, não tem consciência. E é isso que nos difere, nos faz seres humanos, a consciência, a capacidade de discernir. Podemos viver milhares de coisas e cada uma delas nos permite sentir algo diferente.

Ser genuinamente feliz é manter a alegria de viver mesmo nos momentos mais difíceis, encarar as situações com otimismo, permitindo se sentir triste, mas com a certeza de a felicidade está dentro de você e que tudo passa.

A procura da felicidade não precisa acontecer

Se você está correndo atrás da felicidade, está fazendo isso errado. Pare de procurá-la e comece a vivê-la, deixe com que ela esteja presente.

Já falamos que a felicidade está mais perto do que se imagina, não estamos atrás dela ou na frente. Ela vive dentro de nós, basta ter olhos minuciosos e atentos para perceber.  

Se está adormecido em sua própria existência busque ajuda para despertar, algumas atitudes podem ajudar bastante:

  • Medite: a meditação é um momento de serenar a mente, entrar em contato com o seu eu, pode ajudar a encontrar respostas, aliviar o estresse, a ansiedade e expandir sua visão interior.
  • Faça um projeto de vida: crie um projeto de curto, médio e longo prazo. Estabeleça uma visão de onde vai querer estar daqui seis meses, um ano, cinco anos. A partir disso crie um plano de ação, com metas, prazos e objetivos.
  • Procure um profissional: se estiver complicado dar o primeiro passo, procure um profissional para acompanhá-lo, pense no seu caso e identifique que tipo de auxílio precisa se é de um coach e/ou terapeuta, por exemplo.

Você já entendeu que a felicidade sabe seu endereço e está dentro de você, se ela estiver perdida ajude-a a encontrar o caminho para sua mente. Sorte nessa jornada!

Gostou do post sobre a felicidade? Então curta e compartilhe em suas redes sociais!

Siga nossas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe :)

Obrigada!

Erro

Carol Ornellas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades!

You have successfully subscribed to the newsletter

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Carol Ornellas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.