Qual significado você está criando para a sua vida?

Siga nossas redes sociais

Há quem diga que a vida é um mistério indecifrável, um presente, um milagre, mas há quem acredita que ela é dura, difícil, curta, enfim, os mais diversos significados. E na sua opinião? Qual significado você está criando para a sua vida?

Um dos maiores poderes do ser humano, é o poder de escolha.  Todos os dias ao levantarmos, escolhemos o que comer, roupa vestir, sapato usar e por aí vai… Seguimos tomando decisões o tempo todo. Será que estamos fazendo isso de uma maneira verdadeiramente satisfatória para nós?

O significado que damos as coisas da vida também é uma escolha. Convido você a refletir sobre dar significados e ressignificar. Vem comigo!

O que é ressignificar?

Ressignificar é dar novo significado a alguém ou algo. Puro e simples, não é mesmo?

Porém, ao longo da vida, passamos por situações e experiências que vão impactando nesses significados e o nosso repertório afeta em como vamos lidar com eles.  Tudo tem a ver com a sua percepção sobre o mundo.

Com estão seus significados sobre as coisas? O que pensa sobre relacionamentos, trabalho, alimentação, vida, morte, etc? Provavelmente suas respostas estão relacionadas a como enfrenta todas essas coisas. Quando pensa sobre elas, vem à mente algo negativo? Então, você pode ressignificar.

Você pode ressignificar a sua vida

Como dito anteriormente, temos o poder da escolha. Quando decidirmos verdadeiramente mudar alguma coisa que nos incomoda, seremos capazes disso.

É preciso ter outro olhar, ver as coisas sobre outro ponto de vista. Falar parece fácil, não é mesmo? Não estou no seu lugar, não passei pelo que você passou, não conheço suas dores. Acredite que é possível.

Querer dar um significado mais positivo é o primeiro passo.

Como ressignificar algo que me machucou tanto?

Feridas, dores, doenças, perdas e mágoas fazem parte dos ‘chacoalhões’ que a vida nos dá. Provavelmente, muitas dessas coisas aconteceram sem que estivéssemos preparados para elas.

As marcas ficaram e nunca mais fomos os mesmos. Já parou para pensar que é aí que está o ‘pulo do gato’? Nunca seremos os mesmos, as mudanças acontecem independentes da nossa vontade.

Podemos aproveitar todos os acontecimentos marcantes para que eles nos ajudem a construir a nossa melhor versão. Reflita sobre o que suas experiências trouxeram de positivo em termos de autoconhecimento, aprendizado, superação, entre outras coisas.

Comece por tentar extrair o aspecto de positivo de cada situação. Louise Hay, autora do livro “Você pode curar sua vida”, passou por diversos abusos na infância, relacionamentos abusivos, falta de amor e mudou sua vida, quando se deu conta de vivia repetindo padrões e começou enxergar as coisas de outra maneira.

Dê perdão e se perdoe

Citei Louise Hay anteriormente, pois, ela é um grande exemplo de ressiginificação para mim. Mesmo com muitas atribulações na vida, foi capaz de transmutar completamente.  Uma das primeiras atitudes para isso, foi perdoar e algo que ficou muito marcado em minha mente foi uma fala: — Perdoei meus abusadores, pois, eles só estavam fazendo o que podiam fazer de melhor naquele momento.

Foi então, que me dei conta de que é isso. Só podemos dar o que temos. Portanto, quem magoa, também está ferido em algum nível.

Para que o perdão se faça, precisamos de um pouco de empatia, tentar ver as coisas pela ótica do outro, considerando o que ele traz de repertório consigo e entendendo o porquê de determinada atitude.

O autoperdão também pode acontecer. Basta que sigamos a mesma lógica, nossos erros aconteceram, pois, era o melhor que poderíamos ter feito naquele momento. Não somos infalíveis ou perfeitos. Como perdoar as falhas de terceiros se não somos capazes de nos perdoar? Comece por você.

Aceite-se como é, imperfeitamente perfeito para aprender, evoluir, ensinar  e perdoar.

Começar, é metade de uma ação

Proponho que comece já! Ressignifique tudo aquilo que não tem sido positivo até aqui.

Faça uma lista das coisas que têm significados dolorosos ou desagradáveis, escreva o que pensa sobre cada uma delas e depois coloque qual seria o significado positivo que podem ter.

Tente fazer esse exercício sempre e me conte os resultados, ok?

Gostou de ressignificar? Então compartilhe este artigo nas suas redes sociais e até o próximo!

Siga nossas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe :)

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades!

You have successfully subscribed to the newsletter

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Carol Ornellas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.