Pare de achar que a grama do vizinho é mais verde

Siga nossas redes sociais

Muitas vezes acreditamos que a grama do vizinho é mais verde e desejamos ter a vida que o outro tem. Isso acontece, por diversos motivos, mas será que é realmente verdade?

cuide da sua gra a

Em tempos de redes sociais, as pessoas vivem colocando os melhores momentos de suas vidas a disposição de quem queira ver. Existe um grande esforço para mostrar como são felizes e com isso, acabamos criando a ilusão de que a grama do vizinho é sempre mais verde. Será mesmo verdade?

A verdade é que muitos utilizam uma fachada de viagens, posses, fotos em locais descolados, vida badalada, que aos nossos olhos os fazem parecer bastante felizes. Porém, no íntimo dessas pessoas o que existe são problemas como os seus e os meus.

A recíproca pode ser verdadeira

Todos nós alguma vez na vida, pensamos que se nossa vida fosse igual a do  “fulano” seria mais fácil. Mas já parou para pensar que o “fulano” também já pode ter olhado para você e pensado a mesma coisa?

Temos essa mania feia de achar que tudo do outro é mais interessante e, nem nos damos conta de que tudo o que alguém deseja é ter uma vida como a nossa. Sim! Mesmo quem parece ter uma vida pra lá de perfeita pode sentir um certo vazio em alguma área.

A grama do vizinho é mais verde? Será que o problema não é você?

A comparação só é positiva quando ela serve de estímulo para sermos melhores e seguirmos um exemplo, termos uma referência. Ou seja, quando a comparação se baseia na admiração por alguém, pode nos impulsionar a buscar o melhor e seguir os passos daquele que nos inspira.

Quando nos nivelamos por baixo, nos comparando, com um sentimento de inveja, é porque estamos nos sentindo inferiores ou fazendo julgamentos nocivos sobre o merecimento de determinada pessoa. Isso gera um sentimento de inferioridade perigoso, que nos sabota ou incapacita na conquista dos nossos objetivos.

Visualizar a vida de alguém sem analisar direito, todo o contexto, nos induz a um juízo distorcido de tudo que aquela situação carrega. Por exemplo, pense numa celebridade, você só enxergará o glamour, as festas, o dinheiro e o sucesso. Porém, não percebe os sacrifícios que são feitos em nome da fama, a falta de privacidade, não poder sair sem ser reconhecido (quando quiser parecer anônimo), a exposição e perseguição da mídia. Tudo tem um preço.

Pessoas diferentes, vidas distintas

Cada ser humano tem uma identidade única, sonhos e oportunidades distintas. Isso quer dizer que se alguém está num lugar mais ou menos favorável na vida, é devido seu esforço, oportunidades, sacrifícios ou facilidades que lhe proporcionaram ou não, estar onde está.

Muitas vezes o que achamos da vida do outro, não passa de pura fantasia. Como dizia a maravilhosa Clarice Lispector:

“Antes de julgar a minha vida ou o meu caráter… calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e as minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz. E então, só aí poderás julgar. Cada um tem a sua própria história. Não compare a sua vida com a dos outros. Você não sabe como foi o caminho que eles tiveram que trilhar na vida.”

O que fazer para regar minha grama

A primeira coisa que se deve fazer para deixar de enxergar a grama do vizinho mais verde, é olhar da sua cerca para dentro. Isso quer dizer observar a sua vida e tudo o que ela tem de bom.

O que você pode fazer de melhor com o que tem e sendo quem é? Essa é a questão!

Faça o melhor, sendo quem você é e com o que tem!

Não deixe de agradecer! Faça uma lista com todas as coisas pelas quais é grato e agradeça todos os dias por elas existirem em sua vida.

É importante agradecer aquilo que foi ruim também!

Agradecer pelos momentos difíceis que se apresentaram ou se apresentam na sua vida, é essencial, pois cada circunstância trouxe para você um aprendizado, uma evolução.

Foque em você e em como pode ser melhor a cada dia! Tenho certeza que dessa forma sua grama estará sempre verdinha!

Este artigo foi útil para você? Então não deixe de curtir e compartilhar nas suas redes sociais!

Até breve!

 

 

Siga nossas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe :)

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades!

You have successfully subscribed to the newsletter

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Carol Ornellas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.