Como aumentar a autoconfiança?

Siga nossas redes sociais

Muitos desejam aumentar a autoconfiança, porém nem sempre é fácil fazer isso sozinho. Por onde começar, é uma das maiores dúvidas quando pensamos no assunto. Se você vive este dilema, leia o artigo e siga as dicas para ser mais autoconfiante e feliz!

autoconfianca

Descubra seu grau de autoconfiança

Você tem já se perguntou se tem uma atitude autoconfiante? Como são seus dias? Como são seus pensamentos? Você tem medo de decepcionar as pessoas e a si mesmo?  Em que situações se sente mais ou menos confiante?

A autoconfiança não vem de fora para dentro e sim de dentro para fora, muito menos acontece da noite para o dia. As experiências e os resultados delas podem trazer maior ou menor grau de autoconfiança.

Geralmente quando a confiança falta tem outro sentimento envolvido o medo. O medo nesse caso está sempre ligado ao receio de falhar, de decepcionar, do julgamento que receberá e não ser bom o suficiente.

Quem tem autoconfiança tem certeza de si mesmo e tem segurança em relação ao seu poder pessoal, isso pode estar ligado à competências e capacidades inatas ou adquiridas. Quando o que existe é a falta de confiança ou autocrença, a falta da autoconfiança pode ser aniquiladora.

Como reconhecer uma pessoa com baixa autoconfiança

As pessoas que possuem baixa autoconfiança tem características bem fáceis de serem identificadas:

  • Julgam que não são capazes de realizar o que querem ou precisam;
  • Querem sempre agradar os outros em demasia;
  • Acabam assumindo a culpa, mesmo quando não fizeram nada de errado;
  • Se preocupam demais com possíveis fracassos ou resultados negativos;
  • São excessivamente tímidas ou reservadas;
  • Tem atitudes pessimistas e temerosas em relação à tudo ou quase tudo;
  • Estão sempre presas ao passado e aos resultados ruins que cultivaram;
  • São perfeccionistas ao extremo, podendo até parecerem um pouco neuróticas, com uma autocrítica bastante elevada.

A falta de autoconfiança e também autoestima é incapacitante, pois as pessoas se sentem um fardo para as outras e acabam repelindo quem se aproxima. São dominados pelo sentimento de medo e deixando suas crenças limitantes tomarem conta de si.  A todo momento sentem culpa, vergonha e medo. Tudo isso reduz a capacidade de autorrealização e sucesso, o que leva à mais resultados negativos e consequentemente, menos autoconfiança.

E como aumentar a autoconfiança?

O melhor fato sobre autoconfiança é que você pode conquistá-la! Ela vem de dentro e existem algumas dicas que podem ser um apoio nessa busca.

Cuide de você e da sua aparência

Procure se vestir adequadamente em cada ocasião, cuide do seu cabelo, barba, unhas, aparência em geral.  Se sentindo mais bonito, sua autoconfiança ao se apresentar para outras pessoas aumentará. Isso não significa que não poderá se vestir da forma que quiser, vista-se como gosta, mas procurando se encaixar em cada ocasião.

Pratique atividades físicas e procure ter uma alimentação saudável.  Estando bem com seu corpo e se cuidando, sua autoestima  vai se elevar a cada dia, alavancando a sensação de autoconfiança.

Mude sua linguagem corporal

Ao andar mantenha a cabeça erguida, a coluna ereta e procure manter sempre um sorriso no rosto. Seja calmo e firme em suas colocações e procure sempre manter uma boa postura. A forma como se apresenta no mundo é como ele responderá a você.

Escute uma música que gosta

Seja ao acordar, no trajeto para o trabalho, indo para algum compromisso importante ou quando bater o desânimo escute uma música que gosta, de preferência bem animada.

Ler e assistir matérias positivas e que gosta, também ajudam a manter a vibração elevada e a energia e o padrão de pensamentos positivos.

Fique atento aos seus pensamentos

Observe seus pensamentos, se eles estão negativos e dizendo “Você não é capaz”, “Isso não é para você”, “Vou fracassar”, “Ninguém está interessado no que tenho a dizer”. Isso indica que tem um voz interior pessimista e limitante. Seja carinhoso consigo e converse com sua mente dizendo “Isso não sou eu, apenas pensamentos e agora está na hora deles irem embora”.

Após identificar os pensamentos negativos, substitua-os por pensamentos positivos que dizem “Eu sou capaz”, “Minha opinião importa”, “Vou vencer”…

No começo vai parecer difícil combater o pensamentos negativos, mas fazendo este exercício sempre, os pensamentos positivos se tornarão um hábito.

Meditar pode ser uma ótima maneira de disciplinar os pensamentos, introduza essa prática na sua rotina.

 Tenha um circulo de apoio

Observe em seu círculo de amizades ou familiar, quem são as pessoas que mais te apoiam, querem o seu bem, te incentivam e tem uma atitude positiva. Aproxime-se delas e as mantenha por perto. Isso é importante para que tenha o apoio necessário em cada ocasião.

Procure identificar e se afastar de pessoas tóxicas e que te colocam para baixo, escolha quem merece estar em sua vida e compartilhar das suas vitórias.

Faça uma lista

Crie uma lista com todas as coisas que estão te desmotivando no momento e coloque o porque elas te desmotivam. Feito isso, elimine aquelas que não tem importância e crie um plano de ação para lidar com as demais.

Faça uma outra lista contendo todas coisas pelas quais se sente grato e te motivam, leia todo dia pela manhã e foque nela. Isso ajudará reduzir o impacto dos fatores negativos da sua vida e aumentará seu autoconhecimento, o que o deixará mais seguro de si e de suas escolhas.

Aprenda a receber elogios

Ao receber algum elogio, não o diminua. Aceite o elogio com boa vontade e felicidade, agradeça e devolva um belo sorriso. Tente se sentir merecedor do elogio recebido, aproveite para adicioná-lo às lista de elementos positivos.

Seja grato

Agradeça!

Agradeça a oportunidade de estar vivo e poder realizar tantas coisas boas em sua vida. Seja grato por cada pessoa, oportunidade, experiência e resultado obtido. Tudo o que viveu trouxe um aprendizado que é só seu e de mais ninguém.

Acredite em si mesmo

Um dos maiores motivos de baixa autoconfiança é o medo de não saber algo. Acredite na sua capacidade de aprender e realizar.

Evite o perfeccionismo. O que não souber aprenda e pratique, cada vez que você pratica fica melhor. Aprimore-se, avalie onde pode melhorar e se errar, não se martirize. Não existem fracassos, apenas resultados.

Não se compare a ninguém, afinal cada um é um ser único com oportunidades e realidades diferentes. Mantenha o foco em você.

Jamais perca a fé em si mesmo.

Esse post foi útil para você ou alguém que precisa melhorar a autoconfiança? Então deixe seu comentário e compartilhe em suas redes sociais!

Vamos em frente!

Siga nossas redes sociais

1 thought on “Como aumentar a autoconfiança?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe :)

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades!

You have successfully subscribed to the newsletter

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Carol Ornellas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.