Efeito Sombra: o que é e como lidar?

Siga nossas redes sociais

O Efeito sombra é uma expressão que usamos para definir o nosso lado mais sombrio e já foi trabalhado por diversos autores como Deepak Shopra, Debbie Ford e também na psicologia com Carl Jung.

O artigo abaixo refere-se ao estudo que fiz sobre o livro e também documentário:  “Efeito Sombra” de Deepak Shopra, Marianne Willianson e  Debbie Ford.

 

efeitosombra

A sombra

Para entender o efeito sombra precisamos saber o que é a nossa sombra.

Sombra é um conjunto de sentimentos, pensamentos, defeitos e características ocultas que temos e acabamos reprimindo por não gostarmos do que eles representam ou por acharmos feios. O que nos faz escondê-los da sociedade.

Nós não queremos ver nossa sombra, nem lidar com ela, por ser dolorosa ou complexa demais. Portanto, criamos uma máscara social, que é aquilo que apresentamos aos outros e nos faz parecer mais agradáveis aos olhos deles.

A nossa sombra é feita de pensamentos, emoções e impulsos que podem ser tão dolorosos ou constrangedores que se tornam difíceis demais para aceitar.

O que ocasiona o efeito sombra.

A máscara por cima da sombra

As sombras nasceram quando ainda éramos muito jovens, crianças. Recebemos uma mensagem de que algo em nós não era bom, ou seja, havia algo errado. Como um vírus de computador informações foram recebidas por nossa mente e se instalaram lá. Isso alterou a percepção que temos de nós mesmos e acabamos vivendo em negação.

Com isso, criamos uma persona que poderia ser  mais aceita aos olhos dos outros para garantir o nosso espaço. Muitos de nós tem uma vida pública e uma vida “secreta”.

Trabalhamos duro para nos sentir bem, mas segundos depois estamos no sabotando. Por exemplo, você passa horas na academia, mas quando chega em casa não resiste ao bolo de chocolate na geladeira.

Muitas vezes aquilo que negamos em nós, acabamos vendo nos outros e projetando nossa sombra neles, condenando e reprimindo-os. Dessa forma, jogamos partes da nossa obscuridade nos outros e vestimos uma máscara.

Um exemplo, pode ser uma pessoa que condena a homossexualidade, muitas vezes aquilo está dentro dela de uma forma obscura e ela tem tando medo, que acaba tendo atitudes de preconceito e veste a máscara do “machão” ou “valentão”.

Usamos nossas máscaras para tentar conseguir o que queremos e elas podem ser diversas, a boazinha, o charmoso, o intelectual, a sensual, o engraçado, a durona, a querida e por aí vai… Qual é a sua?

As máscaras escondem um ego ferido para que possamos nos sentir aceitos. Acreditamos que a máscara nos trará o amor que esperamos. Porém, uma hora ela emerge de alguma forma. Seja nos nossos atos mais ocultos, em nossas perversões ou nas projeções que fazemos nos outros.

Nenhum de nós gosta de admitir que tem defeitos, falhas e inseguranças. Geralmente quem mais oprime é quem mais tem dificuldade de lidar com suas sombras.  Assim sendo uma forma de expressão do efeito sombra.

Tudo que rejeitamos uma hora vem à tona

Pense numa bola de praia, você pode afundá-la na piscina e segurá-la por um tempo, mas experimente se descuidar e soltá-la.  O que acontece? Ela emergirá com força, certo? Ela baterá bem no seu rosto.

Isso é o que acontece conosco no efeito sombra.

Cada bola de praia é o nosso medo, nossa raiva, nosso trauma, nosso egoísmo, orgulho, enfim, nossos sentimentos mais sombrios. Quantas bolas de praia tentamos deixar submergidas, não é mesmo? Difícil controlar tantas ao mesmo tempo, certo?

De repente você vê aquele pai de família agrediu sua esposa, um homem se envolvendo numa briga de trânsito e aquele amigo que se envolve com drogas. Provavelmente, eles não conseguiram controlar suas bolas de praia.

Se não tomamos consciência das nossas sombras, elas nos pegam de surpresa. E quanto mais tentamos reprimi-las, mais forte será quando elas vierem à tona.

As sombras precisam sair, precisam ser libertadas.

Se você não usar sua sombra ela vai usar você

A vida é um grande contraste, ela varia entre luz e sombra todo o tempo. Um dia é feliz, o outro é de dor. Toda vida se baseia em acontecimentos opostos, tristeza, alegria, amor, raiva e por aí vai… O mais importante é saber como usar isso a favor da gente.

Use sua sombra para transformar algo ruim em algo bom. Se não usar a sua sombra ela vai acabar te usando. Lembre-se de que precisa de tudo, momentos bons, momentos ruins, inimigos, amigos, opositores e empáticos para ser quem é. O melhor que pode ser.

“Aquilo com o que não podemos viver, não nos deixará ser inteiros.” O Efeito sombra.

O que nos confronta, nos ajuda a reagir, aprender e seguir em frente. Conseguimos ser ao mesmo tempo diabólicos e sagrados. Uma vez que aceitar isso, poderá lidar melhor com sua sombra e buscar uma harmonia entre você e ela.

Sem a sombra seria impossível criar um impulso criativo, inovar, aprender e fazer diferente.

Cada aspecto que conseguimos ver no outro, existe em nós, seja ele bom ou ruim. As pessoas que você odeia representam algo que existe em você e não reconhece.

Seja o que for que condenamos ou rejeitamos nos outros, é no final das contas uma parte que escolhemos desonrar e rejeitar em nós mesmos.

Como saber o que é a coragem sem antes ter sentido medo? Como saber o que é a felicidade sem ter se sentido triste? Como saber se é dia sem ter passado pela noite?

Precisamos entender que o oposto é o que dá sentido à todas as coisas. Sua sombra é importante.

O que é a projeção?

Nossa sombra se esconde dela mesma.  Quando não confrontamos nossa obscuridade, acabamos projetando nossos aspectos indesejados nos outros a cada crítica, quem não disse uma vez na vida? “Ela é tão vulgar”, “Ele é muito preguiçoso”, “Ela faz tudo errado”, são coisas que dizemos ao projetar nossa sombra.

Fazemos projeções inconscientemente, sem perceber os aspectos negativos em nós mesmos. Quando reagimos dessa forma, nos tornamos de fato a projeção.

Como saber se estamos ou não projetando? Se recebemos uma informação e apenas processamos como informação não há projeção, agora se nos afeta emocionalmente e ficamos nervosos, julgamos e nos sentimos descontentes, corre um grande risco de estarmos projetando.

Pense em alguém que te irrita, causa repulsa. Pense em tudo que desgosta nessa pessoa, finja que ela está bem na sua frente, levante-se, aponte o dedo para ela e diga tudo que odeia nela em voz alta!

Fez isso?

Agora perceba que o dedo indicador aponta para ela, o polegar estará apontado para algum lugar, mas o outros três dedos estão apontados para você! Isso é projeção!

Projetamos em nossas mães, filhos, amigos, companheiros ou em figuras públicas as quais nunca tivemos um mínimo contato.

Lidando com a sombra

A melhor maneira de lidar com sua sombra é aceitá-la, entender que ela existe, compreender o sentimento que ela traz e deixar ir embora.

Utilize sua sombra para impulsionar pensamentos e atitudes positivas, tente pensar em como fazer dela algo positivo em você. Se não se ocupar com sua sombra ela se ocupará com você. Se resistir, ela persistirá.

Se sua sombra se ocupa de você, acaba criando um padrão auto-destrutivo. Não aceitar e expressar sentimentos nos afeta patologicamente, gerando câncer, dores no corpo, obesidade, entre outras doenças que se alojam em nosso corpo, como forma de expressão.

A emoções afetam as células e órgãos do nosso corpo.

Abrace quem você realmente é

Abrace quem você realmente é e não se envergonhe disto.

É fácil nos amar quando estamos nos sentindo fabulosos, tudo está bem e ocorrendo conforme o esperado. O desafio é nos amar, quando estamos feridos, tristes, no meio do caos ou nos sentindo abusados de alguma forma.

Abrace todas as partes de você em que sente o sofrimento por algo vivido e faça as pazes.

Tome consciência de si próprio. Muitas vezes pode achar que está sozinho, ou que foi injustiçado, ou abandonado. Na verdade todos nos sentimos assim em algum momento da vida.

Lembre-se que estar vivo e ser humano é ter desafios e todos já passaram por algum drama. O que não nos mata, serve para nos fortalecer. Caso contrário não passaríamos por nada.

Extraia o que há de positivo em cada experiência. As experiências ajudam a nos formar, aprender a perdoar e pedir perdão, ver o mundo com novos olhos, poder recomeçar e fazer diferente.

Pare de se apegar ao sofrimento! O ouro que procuramos está na nossa sombra.

Perdoe e liberte-se!

O perdão deve chegar ao seu coração antes de chegar na mente. Você não consegue seguir em frente se não perdoar.

Tente começar perdoando a si mesmo, por sentir seja lá o que for, por se esconder, por se calar e não ser perfeito. Você tem uma luz, que é sua e uma essência cheia de amor, aceite.

Perceba que tudo em sua vida é uma oportunidade de crescimento. Enfim, fique de bem com a sua sombra e a celebre!

Para saber mais, assista o documentário “O efeito sombra”!

Espero que este artigo tenha sido valioso para você e consiga lidar com sua sombra! Aproveite e compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais!

Vamos em frente!

 

 

 

Siga nossas redes sociais

3 thoughts on “Efeito Sombra: o que é e como lidar?

  • A “sombra”, psicologicamente, ainda mais especificamente para Jung, NÃO É NADA DISSO. Por favor, se compromete-se a fazer um site, e divulgar informações, vocês são responsáveis por divulgá-las corretamente.
    Façam a “lição de casa”, pesquisem ou procurem um profissional que os esclareça.
    É um absurdo o tamanho da desinformação, erro e ignorância nas informações divulgadas aqui.

    • Oi, Marina, tudo bem?

      Não sei se você reparou bem no primeiro parágrafo, mas apenas foi citado que a sombra foi objeto de estudos de diversos autores, entre eles Jung.

      O estudo para esse texto não foi baseado no conceito dele e sim do livro de Deepak Shoppra e Debbie Ford: ” O efeito sombra”. Não é pretensão nossa entrar no mérito de Jung e nem quisemos.

      Agora, para este texto, pode ter certeza que estudamos bastante os autores que citei como referência.

      Que você seja feliz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou do Blog? Compartilhe :)

mautic is open source marketing automation
Pular para a barra de ferramentas